Linux na Web

Criando uma imagem personalizada do CentOS 7

Tempo de leitura: 5 minutos

imagem personalizada CentOS 7

Neste artigo vamos criar uma imagem personalizada do CentOS 7. Vamos personalizar o menu incluindo op√ß√Ķes de instala√ß√£o usando arquivos kickstart (veja como criar seu pr√≥prios arquivos kickstart neste artigo) e tamb√©m buscando os pacotes de instala√ß√£o num reposit√≥rio local (veja como criar um reposit√≥rio local neste artigo).

Para finalizar, nós também iremos alterar a imagem de fundo do menu, fazendo uma imagem personalizada. Vamos lá!!!

Preparando o ambiente e baixando a imagem

Primeiro iremos criar um diretório de trabalho para podermos personalizar nossa imagem do CentOS 7:

Antes, alguns pacotes ser√£o necess√°rios, ent√£o vamos instalar com o comando:

Agora, acessamos nosso diretório e vamos baixar a imagem do CentOS 7:

Após finalizado o download da imagem, vamos montá-la na pasta ~/centos/centos7 com o comando abaixo:

Após termos montado a imagem, precisamos copiar toda a estrutura de pastas da iso para nosso diretório de trabalho centos7-custom. Vamos usar o rsync para isso:

Pronto, com todos os arquivos e pastas da imagem copiados, já não é mais necessário a imagem montada e nem o diretório de montagem. Então já podemos desmontá-la e excluir a pasta:

Pronto! Já podemos iniciar a configuração do syslinux.

Criando menu personalizado

O DVD de instalação do CentOS utiliza o syslinux como boot loader, é nele que iremos trabalhar. Para isso vamos entrar no diretório de trabalho que contém os arquivos da instalação:

Dentro do diretório existe a pasta isolinux, é nela que vamos adicionar os arquivos que iremos utilizar e o arquivo de configuração do syslinux.

Primeiramente vamos copiar um arquivo kickstart (veja exemplo nesse artigo), no diretório isolinux:

Vamos renomear o arquivo isolinux.cfg e depois criar um novo. Esse arquivo √© utilizado pelo syslinux para exibir as op√ß√Ķes do menu. Abaixo temos o arquivo que criei com as altera√ß√Ķes j√° comentadas:

Antes de mais nada, explicaremos alguns comandos usados no itens do menu:

label: Define um nome para o item do menu.
menu label: Exibe o nome do item do menu.
text help … endtext: Define o texto de ajuda quando um item √© selecionado.
kernel vmlinuz: Inicia o execut√°vel vmlinuz para iniciar o sistema de boot e est√° ligado ao kernel.
append: Acrescenta par√Ęmetros ao iniciar o kernel. E algumas op√ß√Ķes de append s√£o:

  • initrd: Imagem inicial para instala√ß√£o do sistema;
  • inst.stage2: Especifica o local da imagem de instala√ß√£o;
  • inst.ks: Especifica o local do arquivo de kickstart;
  • inst.repo: Especifica o reposit√≥rio local onde se encontram os pacotes.

Após adicionado nosso arquivo de configuração, vamos criar a imagem customizada. Primeiro voltamos para pasta ~/centos/:

E executamos o comando mkisofs abaixo, para criar a imagem personalizada do CentOS 7:

Enfim, para maiores informa√ß√Ķes sobre o comando mkisofs, deixarei um link no final do artigo.

Após finalizado o comando mkisofs, será gerado na pasta ~/centos/ a nossa imagem com o nome centos7-custom.iso.

Dessa forma, já podemos utilizar nossa imagem personalizada para instalar o CentOS. Veja como ficou o menu de instalação:

Menu principal da imagem personalizada do CentOS 7

E também nosso submenu:

Submenu da imagem personalizada do CentOS 7

Adicionando uma imagem de fundo no menu

Deixaremos nossa iso ainda mais customizada alterando o fundo preto por uma imagem. Primeiramente, criei a imagem utilizando o GIMP, mas voc√™ pode encontrar no google algumas op√ß√Ķes.

Para ser utilizado pelo o syslinux a imagem dever√° ter o tamanho de 640×480, ter 16 bits e utilizar apensa 14 cores. Bem, esse foi o formato que funcionou para mim.

Após criar a imagem convertemos utilizando o comando abaixo:

Então, copiamos a imagem para o diretório isolinux/:

Agora para finalizar temos que mudar alguns par√Ęmetros no arquivo de configura√ß√£o do syslinux, para utilizar a nossa imagem e tamb√©m melhorar um pouco o visual.

Vamos mudar os comando abaixo:

E geramos a imagem iso novamente com os comando abaixo:

Pronto! Adicionamos nossa imagem, e temos como resultado:

Menu principal com fundo da imagem personalizada do CentOS 7

Do mesmo modo, temos o submenu:

Submenu com fundo da imagem personalizada do CentOS 7

Agora voc√™ j√° pode criar sua iso personalizada com diversas op√ß√Ķes de instala√ß√Ķes.

Assim finalizamos o artigo, para maiores informa√ß√Ķes ou se aprofundar no tema:

Syslinux
Mkisofs Linux man page

Sobre: 
Graduado em Sistemas de InformacŐßaŐÉo com mais de 15 anos de atuacŐßaŐÉo na aŐĀrea de TI. Entusiasta de tecnologia e software livre principalmente Linux em servidores.

0 Coment√°rios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: