Linux na Web

Editor de texto VIM

Tempo de leitura: 4 minutos

Em diversas versões do Linux temos diversos editores de texto, como: NANO, JOE, PICO, MCEDIT, ED, EMACS, VI e VIM, neste post irei falar sobre o editor mais utilizado no Linux o Vim, que é uma versão melhorada do Vi, no próprio nome já diz, o Vi vem de VISUAL e o Vim vem de Vi IMproved, que significa Vi Melhorado.

INSTALANDO O VIM

CentOs/RHEL

Debian:

Ubuntu:

Fedora:

UTILIZANDO O VIM

Para editar um arquivo, digite vim o nome do arquivo ou o caminho e o arquivo, conforme exemplo.

Inicia o vim com o cursor no final do arquivo.

Inicia o vim com o cursor na linha de número determinado, neste exemplo deixei a linha 32.

ENTRANDO EM MODO DE EDIÇÃO

A tecla <i> ou a <INSERT> Entra em modo de edição mantendo o cursor na posição original.
A tecla <a> Entra em modo de edição, mantendo o cursor na mesma posição.
A tecla <A> Entra em modo de edição no final da linha onde o cursor se encontra.
A tecla <o> Entra em modo de edição, inserindo uma nova linha abaixo da posição onde está o cursor.
A tecla <O> Entra em modo de edição, inserindo uma nova linha acima da posição onde está o cursor.
A tecla <ESC> retorna para o modo de comandos.

COMANDOS PARA GERENCIAR ARQUIVOS
Gerenciamento de arquivos eu me refiro como salvar, salvar e sobrescrever… Estou em um diretório que se encontram os arquivos: homer, simpsons e bartie.

:q Sai do vim, e é questionado se quer salvar as alterações.
:w Salva as últimas alterações feitas.
:w! Tem a mesma função do :w porém força sobrescrever o arquivo.
:wq Salva as ultimas alterações feitas e sai do vim.
:q! Sai do vim, força a saída, não será questionado se quer salvar as alterações.
:wq! <homer> Força o salvamento e a saída do arquivo porém com o nome homer, se não especificar o caminho ele salva onde foi carregado o vim.
:r <simpsons> Estou no arquivo homer e quero inserir o conteúdo do arquivo simpsons, ele insere o conteúdo a partir da posição que se encontra o cursor.
:e <bartie> Alterna a edição para o arquivo de nome bartie, se for feita alguma alteração salve antes, ou caso queira sair sem salvar adicione o :e! bartie para alterar a edição para o arquivo bartie.

COMANDOS PARA AJUDAR NAS TAREFAS

yy Copia a linha inteira na qual se encontra o cursor.
<N>yy Copia as <N> próximas linhas, a partir da posição que o cursor se encontra.
dd Apaga a linha inteira na qual se encontra o cursor.
<N>dd Apaga as <N> próximas linhas, a partir da posição que o cursor se encontra.
dgg Apaga a partir da linha em que se encontra o cursor, até o início do arquivo (primeira linha).
dg Apaga a partir da linha em que se encontra o cursor, até o final do arquivo (última linha).
x Apaga um caractere por vez, a partir da posição que o cursor se encontra.
<N>x Apaga <N> caracteres, a partir da posição que o cursor se encontra.
cc Recorta a linha em que se encontra o cursor e armazena-a no buffer.
<N>cc Recorta <N> linhas, a partir da posição atual do cursor, e as armazena no buffer.
p Cola o trecho de linhas que foi copiado, apagado ou recortado.
<N>p Cola <N> vezes o que estiver na área de transferência
j junta a linha atual a seguinte.
u Desfaz a modificação mais recente.
U Desfaz todas as modificações feitas na linha em que se encontra o cursor.
CTRL + R Refaz as últimas ações dos comandos desfeitos.
D Exclui todo o conteúdo da linha a partir da posição atual do cursor.
r<caractere> Substitui o caractere sob o cursor pelo que for colocado no lugar de <caractere>.
CTRL + H Exclui o último caractere.
:%s/<palavra1>/<palavra2>/g Substitui <palavra1> pela <palavra2>.

NAVEGANDO PELOS ARQUIVOS

gg Move o cursor para a primeira linha.
G Avança para a última linha.
<n>G Avança para a linha N especificada.
$ Avança para o fim da linha atual.
0 (zero) Leva o cursor para o começo da linha atual.
:<N> Avança para a linha <N>.
CTRL + F Avança para a tela seguinte.
CTRL + B Leva o cursor para a tela anterior.

REALIZAR BUSCAS

/<palavra> ou ?<palavra> Faz uma busca da <palavra> pelo conteúdo do arquivo.
n Avança para a próxima palavra localizada.
N Volta para a palavra localizada.
CTRL + G Exibe o nome do arquivo, o número da linha total e a porcentagem onde o cursor se encontra no arquivo, e no final a linha e a coluna onde está o cursor.

OUTROS COMANDOS

:![comando] Executa o [comando] do shell.
:r![comando] Executa o [comando] do shell e escreve no arquivo a partir da posição atual do cursor.
:set nu Insere numeração de identificação dos números das linhas, esta numeração só é visual.
:set nonu Desabilita a numeração no arquivo.
:help Entra no modo de ajuda do vim.

DICA

O arquivo de configuração do vim, fica dentro do diretório /etc/vim/vimrc, que poderão ser ativadas e desativadas diversas funcionalidades, copie o arquivo para o seu diretório home:

Edite no .vimrc da sua home, e vamos ativar um recurso de colaboração de sintaxe “Syntax Highlight” que destaca as sintaxes em cores, para habilitar descomente tirando as “(aspas duplas) do syntax on.

Espero que tenha ajudado, óbvio que não precisa decorar tudo, só utilize o que realmente irá te ajudar para manter o seu trabalho mais ágil.

Tags:, , ,
Sobre: 
SysOps - Entusiasta por Linux, fundou o site Linux na Web no intuito de ajudar a comunidade Linux com artigos que possa ajudar no dia-dia do profissional de TI, trabalho em um ambiente com práticas DevOps para automatizar e agilizar nas tarefas diárias. - Amo o que eu faço... Gosto de tudo que é relacionado a Tecnologia, principalmente se for Open Source hehe e Amo a minha Família!
%d blogueiros gostam disto: